Outros Destaques

Sintra disponibiliza 3,9 milhões de euros para o Passe Único

Imprimir
A Câmara Municipal de Sintra prevê investir 3,9 milhões de euros na criação do Passe Único na Área Metropolitana de Lisboa (AML), verba já inscrita na proposta de orçamento municipal do próximo ano.

Esta decisão permitirá a uma família alargada do concelho de Sintra gastar no máximo 80 euros por mês em passes, garantindo que nenhum passageiro gaste mais do que 40 euros pelo título mensal de transporte.

A medida abrange os 18 municípios* da AML, onde será possível utilizar todos os transportes públicos com o Passe Único, permitindo uma redução muito substantiva nas deslocações entre concelhos, em que um passe combinado ultrapassa atualmente os 120 euros.

“Esta medida vai aliviar as despesas mensais de centenas de milhares de pessoas e revolucionar a forma de mobilidade em Sintra e em toda a Área Metropolitana de Lisboa”, defende o presidente da Câmara Municipal de Sintra.

Basílio Horta considera que esta é uma decisão que “viabiliza uma estratégia de desenvolvimento sustentável que vai melhorar, de forma muito significativa, a vida de todos que estudam, trabalham e vivem em Sintra”.

Este investimento de Sintra corresponde à necessidade de cofinanciamento, por parte dos municípios, do vasto conjunto de decisões com vista à melhoria da mobilidade e transportes, tendo sido definido um valor global de 31 milhões e 225 mil euros da responsabilidade dos municípios.

A administração central deverá agora assegurar a transferência das restantes verba, de forma a assegurar o exercício das competências de Autoridade de Transportes, a delegar pelos Municípios na AML.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *